sábado, 20 de dezembro de 2008

2009

Bem, chegou o Natal e com isso o fim do ano... Sempre detestei esses dias, calor, consumismo... e uma sensação de ter deixado algo na estrada... Penso em 2008, há um poema do Mário que se chama "Esperança" e, quem sabe possa traduzir o que eu quera falar nesse momento, se tu não sabes de qual o poeme estou falando... procure.... o google te ajuda, ele faz o serviço sujo por ti...
Corri muito em 2008, deixei cafés, chás.... peço desculpa as pessoas que me esperaram em vão... Aos convites que não respondi, as pessoas que não pude conhecer... Aos amigos abandonados... A vida, aos bons momentos que deixei de viver... Quero deixar o tempo pra lá... deixar o relógio em 2008... E, em 2009 ter calma... tomar um café com uma pessoa maravilhosa... ter uma boa conversa sobre qualquer assunto... E, caminhar sem destino... Ver o que acontece ao meu lado... Prestar mais atenção...
Eu sei, sou um sonhador, mas fazer o que...
Feliz 2009!

2 comentários:

Vinicius S. Cerentini disse...

nosso café... cadê?

Jones Mariel Kehl disse...

E viva a vivacidade, sem anos, por favor.

Já agora, outro expresso, por favor.

:)